Eis uma questão difícil de responder!

A definição de arte foi se alterando no decorrer da história, pois reflete o pensamento e o modo de viver de cada época.

Para Platão a arte abrangia a filosofia, a ciência e toda forma de conhecimento humano; e era dividida em duas partes: as do mundo inteligível e as do mundo sensível.

Já Aristóteles entendia que a arte estava separada da ciência e da filosofia, tendo como objetivo uma representação mimética (copiada) da natureza, buscando perfeição e harmonia.

Em contrapartida na Idade Média a arte deveria ter uma função espiritual, ser a representação da perfeição de Deus e levar o cristão a buscar a salvação.

Por essas definições conseguimos entender que a arte reflete os pensamentos, as crenças, os costumes, os sentimentos de um grupo de pessoas que viveram em um lugar e em uma época, na história antiga ou contemporânea.

A arte transpassa por conceitos diferentes como o belo e o grotesco, abrange grande quantidade de movimentos, escolas e artistas distintos entre si e permite enorme variedade de percepções e experiências, tanto para quem cria quanto para o expectador.

Além disso existem diversos tipos de arte: música, dança, pintura, escultura, teatro, literatura, cinema, fotografia, histórias em quadrinhos, jogos eletrônicos e arte digital.

Com certeza você já teve contato com um ou mais desses tipos de arte e pode perceber a importância de todos eles como um meio de expressão, reflexão e desenvolvimento de um pensamento crítico.

Arte nem sempre foi parte da grade curricular das escolas e, a partir do momento que passou a ser até os dias de hoje, esse componente curricular passou por grandes mudanças. Hoje temos o grande desafio de abranger toda essa vasta quantidade de assuntos e criar projetos que ajudem o estudante a desenvolver habilidades e competências muito importantes.

O componente curricular Arte tem como objetivo desenvolver o pensamento crítico, proporcionar o fazer artístico, a experimentação de diferentes materialidades, a expressão e a reflexão através dos projetos realizados.

Ao estudar, entender e perceber as diferentes expressões artísticas e seus contextos somos convidados a produzir nossa própria expressão artística, criando uma definição de arte própria do nosso tempo e do nosso espaço.

Seguiremos conversando sobre esses e outros assuntos artísticos em futuros textos aqui no blog.

 

Até lá!

Vitória Medeiros (@vihmedeiros)
Professora de Arte do Fundamental I e Fundamental II do Colégio Spinosa
Bacharel em Design Gráfico com Ênfase em Tipografia – UAM
Licenciatura em Artes Visuais – Universidade Cruzeiro do Sul

Abrir Whatsapp
Fale com a gente
Olá, gostaria de informações sobre as matrículas